RAFAEL ALVAREZ.jpg

RAFAEL ALVAREZ-ARGENTINA

Comecei a estudar com o ourives Jorge Castañón e depois na Escola Municipal de Joalheria Sergio Lukez de Buenos Aires, (1992-2000) Em 2009 organizei meu workshop onde dou aulas de joalheria e mais recentemente Seminários de Eletroformação. Como joalheiro contemporâneo, desenvolvi as coleções Imagen, What was write e Kosmos, esta última que apresentei em diferentes mostras na Itália, França, Alemanha e mais recentemente em Valência, Espanha. Fiz duas amostras individuais de joias no Museu José Hernández em 2010 (Da terra, cobre e prata) e em 2017 (Kosmos). Durante 2017 participei com a coleção KOSMOS na exposição “Il gioiello si mette in posa” Torino Itália na galeria Creativity Oggetti. Também em 2017 fui convidado para a exposição da organização PIN, “Veintitrés” com a colecção “O que foi escrito”, Lisboa Portugal durante os meses de junho e julho na semana Ibero-americana. Em 2018 com a galeria Alliages apresentei Kosmos em Lille França, Munique Alemanha, Munich Jewellery Week-Schmuck, no Meting Point Valencia Espanha e em Sevilha - Madrid entre setembro e novembro do mesmo ano na exposição “Chaos” na galeria Alliages. Durante o ano de 2019 apresentei Kosmos na Itinerancia organizada pelo joalheiro argentino-holandês Luis Acosta em “A força da joalheria têxtil”. No âmbito do Workshop “Entre o plástico e o visual” ministrado por Jorge Manilla durante 2018 e 201o, é que participei no grupo “Caracu” que apresentou recentemente em Atenas a exposição “Coisas que não se chamam” No meu trabalho de pesquisa em joalheria desenvolvi a técnica de metalização de materiais não condutores, chamada de Eletroformação ou Eletroformação, e conduzi seminários na Argentina, Chile, Brasil, Colômbia, Venezuela e Portugal.

  • Preto Ícone Instagram